Category Archives: Eventos

Importantes Encontros Internacionais de Placemaking no 2º semestre de 2017

Um movimento pulsante como o Placemaking não poderia estar fazendo nada diferente do que
estar em constante ebulição de ideias planeta à fora.

São inúmeros agentes espalhando as boas práticas do Placemaking pelo mundo todo, seja através de projetos autorais, palestras, cursos, publicações e participação em debates sobre os rumos das nossas cidades.

Dentro deste panorama imensurável de atividades, os grandes encontros oficiais desempenham um papel importantíssimo no fortalecimento de redes, em escala internacional – num exercício de reconhecimento da própria envergadura – bem como em diferentes escalas locais, que aproveitam os momentos para estreitarem seus laços, retornando para suas regiões cheios de contatos e muita inspiração para agir nos seus territórios.

O 2º semestre deste ano inicia com o encontro internacional principal:
a Placemaking Week Amsterdam, que acontece na capital holandesa entre os dias 11 e 14.

*confirme presença no evento oficial no facebook ;)

Em seguida, já no início do mês de Novembro é a vez do continente sul americano realizar o seu encontro:
O Placemaking Latinoamerica será do dia 06 ao dia 09, na cidade de Valparaíso, no Chile.

Este encontro acontecerá dentro do contexto da XX Bienal de Arquitectura, que tem o tema muito pertinente “Diálogos Impostergables”. Será muito intenso!

Você irá em algum destes encontros? Sabe de alguma pessoa que está se planejando?
Algum grupo ou coletivo? Estamos querendo juntar informalmente a delegação de brasileiros entusiastas do Placemaking!

Escreva para nós por esta página ou nos nossos canais nas redes sociais.

Confira as fotos do primeiro encontro do conselho.

O primeiro encontro do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking aconteceu no dia 06 de outubro, às 17h, no Secovi – São Paulo/SP.

O encontro contou com a presença de Fred Kent, presidente do Project for Public Spaces de Nova York, assim como de profissionais da iniciativa privada, academia, governo, terceiro setor e sociedade civil.

Veja algumas fotos do encontro, por Alex Birmann.

DSC_4030 DSC_4029 DSC_4024 DSC_4019 DSC_4018 DSC_4012 DSC_4009 DSC_4064 DSC_4058 DSC_4057 DSC_4053 DSC_4051 DSC_4050 DSC_4045 DSC_4041  DSC_4197 DSC_4182 DSC_4181 DSC_4175 DSC_4174 DSC_4169 DSC_4165 DSC_4194 DSC_4193 DSC_4188 DSC_4186 DSC_3962 DSC_3958 DSC_3997DSC_3995 DSC_3992 DSC_3982 DSC_3978 DSC_3974 DSC_3947 DSC_3940 DSC_3936 DSC_4153DSC_4164 DSC_4160 DSC_4141 DSC_4134 DSC_4125

DSC_4205

DSC_4226 DSC_4218 DSC_4217 DSC_4206

Entrevista com Fred Kent, do Project for Public Spaces.

Construir, gerir e planejar espaços públicos pensando na convivência entre as pessoas, na escala humana e na qualidade de vida. Essa é a principal ideia do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking (CBLP), lançado nesta segunda-feira (6) em São Paulo. A ação do Conselho envolveiniciativa privada, setor público, entidades do terceiro setor, meio acadêmico e a sociedade.

O Placemaking significa a construção, gestão e planejamento dos espaços públicos voltado para as pessoas, visando transformar ‘espaços’ em ‘lugares’ que estimulem maiores interações e promovam comunidades mais saudáveis e felizes.

Fred Kent, presidente da Project for Public Spaces, é um dos principais apoiadores da iniciativa. Sua organização é uma das mais ativas na promoção do Placemaking internacionalmente, considerada a principal referência no tema atualmente.

 

DSC_4160

Fred Kent no primeiro encontro do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking

A UPSA conversou com Fred Kent durante o lançamento do evento e o especialista falou sobre a importância de ações como a criação do CBLP e cita exemplos do incremento dos espaços públicos voltados para a população em todo mundo.

Qual a avaliação do senhor sobre a criação do primeiro Conselho de Lideranças em Placemaking (CBLP) no Brasil?

É muito gratificante ter esse Conselho, porque os brasileiros são pessoas apaixonadas e essa paixão pode ser manifestada através das cidades, que respondem a essas paixões e necessidades das pessoas. A criação do Conselho é uma grande revolução.

Dentre as cidades do mundo que o senhor visitou, quais estão mais avançadas em criar espaços públicos voltados para as pessoas?

A implementação do processo de placemaking vem crescendo e está tomando um novo papel, outro nível de interesse. Semana passada eu estava na Ásia e há duas semanas na Argentina e você fica empolgado em ver como as cidades que visitei nessas regiões estão crescendo de maneira ordenada, costumavam ser cidades desestruturadas. Você percebe que as pessoas e os governos estão se esforçando para algo acontecer ali.

De que forma o placemaking agrega valor à qualidade de vida da população?

Bons lugares contribuem para que as pessoas se sintam bem e felizes. O placemaking permite que as pessoas compartilhem, experimentem, se abram a novas experiências, tenham afeição pelos lugares. É sobre conhecer outras pessoas, viver em um lugar confortável. Esse conceito possibilita fazer muitas coisas. Ter um bom lugar para viver é maravilhoso e faz você querer estar ali e voltar algum dia, caso seja um visitante.

A forma de pensar o placemaking é sempre voltada para as comunidades, bairros, cidades e ambientes menores para que os espaços possam se formar em torno daquela comunidade?

Você precisa começar por um lugar e assim as outras coisas se constroem por consequência em volta dele. Por exemplo, se você tem um prédio antigo, é necessário reformar esse prédio para que as outras coisas comecem a se desenvolver em volta dele. Se é um lugar público, é preciso trazer mais humanidade para ele, mais do que a parte física do lugar. As pessoas gostam disso, mais do que o design em si.

Tudo que você precisa saber sobre o primeiro encontro do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking

Saindo direto do forno: convite para o nosso primeiro encontro e evento de lançamento do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking, com todas as informações que você precisa.

O que: Primeiro Encontro do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking e bate papo com Fred Kent, da Project for Public Spaces (NY)
Que dia:  segunda feira, 6 de outubro
Que horas: 17hrs (horário antecipado; fique atento!)
Aonde: SECOVI – rua Dr. Bacelar, 1043 – São Paulo
Quanto: Gratuito, mas por favor confirme participação pelo email contato@placemaking.org.br
Para quem: Para todos interessados em Placemaking e no Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking

convite primeiro encontro

Queremos aproveitar para agradecer o apoio e empenho dos parceiros que estão viabilizando essa iniciativa: Project for Public SpacesSECOVI-SP, CB Richard EllisBela Rua,  CrowdPlaces e Fundação Aron Birmann.

Nos vemos lá!

Placemakers querem se fazer ouvir na Habitat III

Pessoal,

Saiu um artigo interessante na nextcity.org falando sobre a intenção dos placemakers de se fazer ouvir na Habitat III, em 2016.

O artigo cita Fred Kent, nosso convidado especial para o encontro de lançamento do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking e chega a fazer menção à criação do nosso conselho mais cedo neste mês, em evento promovido pela ONU, pela PPS e pela Ax:son Johnson Foundation, em Buenos Aires:

But, Kent affirms, “the younger generation is using placemaking as a rallying cry.” As proof positive, one only had to look toward the strong Brazilian contingent that boldly declared the formation of the Placemaking Council of Brazil.

O autor, Gregory Scruggs, fez ainda menção à Jeniffer Heeman (secretária executiva do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking) como um exemplo do engajamento brasileiro com o tema.

Jeniffer Heemann gave up a lucrative marketing career to found the São Paulo-based project Bela Rua(Beautiful Street), which has employed music, art, yoga and coffee-fueled chitchat to getfamously car-oriented paulistas to take a stroll and enjoy the city’s streets.

Leia o artigo completo em: nextcity.org/daily/entry/future-of-places-conference-placemakers-public-space-habitat-iii

Lançamento do conselho e bate papo com Fred Kent

Queridos Placemakers!

Estou usando o primeiro post do nosso blog para anunciar a primeira ação do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking, nosso primeiro encontro, com nosso primeiro convidado internacional.

No próximo dia 06 de outubro receberemos Fred Kent para um bate papo informal em São Paulo (local ainda em definição) sobre placemaking e o processo de criação de bons espaços urbanos. Fred é sócio fundador da Project for Public Spaces, uma consultoria internacional baseada em Nova Iorque reconhecida como uma das principais autoridades em placemaking no mundo. É também fundador do Conselho Internacional de Lideranças em Placemaking, que serviu de inspiração para a criação da nossa versão brasileira.

Se você se engaja em discussões sobre como as cidades deveriam melhor, se entende que um parque é mais do que uma área gramada e uma rua é mais do que o espaço que usamos para nos locomover, se acredita na qualificação dos espaços públicos como um dos principais mecanismos de recuperação da qualidade de vida urbana, adoraríamos ter você no nosso Conselho.

Aberto a todos agentes de transformação do espaço urbano, o Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking é um fórum de debates e troca de ideias, mas também um catalisador de eventos e iniciativas.

Quer participar mais ativamente? Considere candidatar-se a membro do conselho.

Não pode participar desse primeiro encontro? Assine nossa lista para receber nossos informativos e lhe avisaremos nas próximas oportunidades.

Lançamento do Conselho Brasileiro de Lideranças em Placemaking e bate papo com Fred Kent

Que dia:       06 de outubro de 2014
Que horas:  19:00 antecipado para 17:00
Aonde:         São Paulo – local a definir

Obs.: Infelizmente o Fred não fala português, de forma que a conversa com ele será em inglês.

Confirme sua participação: Pelo email contato@placemaking.org.br ou pelo evento no facebook

Nos vemos lá!

Editado 29/9 às 10:46: Pessoal, por motivos de força maior o encontro teve que ser antecipado para as 17hrs. Em breve divulgaremos convite final com novo horário e a definição do local.