Placemakers, vamos juntos criar este movimento.

Se 2014 foi o ano de criar o CBLP, 2015 é o ano de estruturar o movimento e ganhar o Brasil!

A ideia é que todos os membros participem do Conselho como achar mais interessante. Você pode compartilhar as teorias e práticas do Placemaking; produzir conteúdo para o blog e para as redes sociais do CBLP; promover cursos, eventos e projetos que tenham o conceito como base; entre outros.

No momento, um grupo de 4 pessoas está envolvido com as publicações e planejamento de eventos. Mas se queremos que o movimento ganhe força e seja realmente representativo, este grupo precisa ser muito maior.

Imagem: Project for Public Spaces.

Imagem: Project for Public Spaces.

Como você quer participar do CBLP?

Criamos um breve formulário, onde todos os membros podem colocar suas informações e escolher uma forma de envolvimento com o Conselho. Assim, vamos conseguir nos organizar e definir juntos os próximos passos.

Clique aqui e responda o formulário. 

Conheça um pouco das modalidades de participação e escolha uma delas no formulário:

CURIOSO – antes de mais nada, é um entusiasta do Placemaking. Não quer ter obrigações formais com o Conselho, mas firma o compromisso de ajudar a espalhar as teorias e práticas de Placemaking pelo mundo.

CONSELHEIRO – além de atuar como um difusor do Placemaking, o Conselheiro quer colaborar com conteúdo para a comunidade Brasileira de Placemakers. O conteúdo será publicado no blog e redes sociais do Conselho.

LÍDER LOCAL – quer atuar de maneira contínua, empoderando as comunidades locais com ferramentas para transformar “espaços” em “lugares”, promovendo eventos e treinamentos relacionados a Placemaking, além de incluir o Placemaking na agenda política e técnica dos governos municipais.

LÍDER NACIONAL – é um incansável, quer promover a discussão a respeito de Placemaking no contexto brasileiro, envolvendo todos os setores da sociedade, divulgando as iniciativas de humanização dos espaços públicos, promovendo a troca de ideias e experiências. Quer empoderar as comunidades urbanas com eventos e treinamentos, representando o Conselho. Terá a missão de colocar o Placemaking na agenda política e técnica dos governos municipais, estaduais e federal, incluindo o tema na agenda dos representantes brasileiros em conferências internacionais, além de participar das reuniões estratégicas dos conselhos Nacional e Internacional.

Vamos criar este movimento juntos?

Obrigado!

 

2 thoughts on “Placemakers, vamos juntos criar este movimento.

  1. Pingback: 2015: The Year in Placemaking - Project for Public Spaces

  2. Pingback: 2015: The Year in Placemaking – PeaceWalkWay.org

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *